BR Distribuidora anuncia saída de presidente e chama Ferreira Jr

Rafael Grisolia estava na companhia desde 2017 e liderou processo de privatização via mercado de capitais

Em comunicado ao mercado nessa segunda-feira, 25 de janeiro, a Petrobras Distribuidora anunciou a saída do presidente da BR Distribuidora, Rafael Salvador Grisolia, informando que o conselho de administração da companhia formalizou o convite para o ex-presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Jr, assumir o cargo na empresa a partir de 1º de fevereiro. O executivo teve sua renúncia à liderança da estatal de energia anunciada no último domingo, 24 de janeiro, alegando motivos pessoais.

Com quase 30 anos de experiência no setor, Ferreira Jr. comandou a CPFL entre 2002 e 2016, passando depois a presidir a Eletrobras. Conforme a lei 12.813/2013, compete à Comissão de Ética Pública (CEP) da Presidência da República analisar eventual necessidade de cumprimento de quarentena por parte do executivo, antes de assumir o cargo na BR, consulta que aguarda deliberação da CEP.

Já Grisolia ingressou na BR em 2017 como diretor executivo Financeiro e de Relações com Investidores para a condução de seu IPO e desde 2019 ocupava o posto de presidente. Teve papel fundamental no processo de privatização, num processo pioneiro via mercado de capitais.

“Sob sua gestão, a BR se reorganizou, teve ganhos significativos em rentabilidade, voltou a ganhar participação de mercado e teve avanços importantes em todos os compromissos assumidos durante a privatização”, diz a nota.

Segundo a companhia, no período compreendido entre 1 de fevereiro e o início das atividades de Ferreira Jr como presidente, a BR será liderada interinamente pelo diretor executivo de Operações e Logística, Marcelo Bragança, que será apoiado por um comitê de transição, composto por quatro membros do conselho: Mateus Bandeira, Carolina Lacerda, Ricardo Maia e Alex Carneiro.