Tarifas da Energisa Borborema ficarão 5,21% mais caras

As novas tarifas vão vigorar a partir de 4 de fevereiro de 2021

O processo de revisão tarifária periódica da Energisa Borborema (PB) foi concluído pela Agência Nacional de Energia Elétrica nesta terça-feira, 2 de fevereiro. A distribuidora foi autorizada a aplicar aumento médio de 5,21%, sendo 8,61% em média para consumidores conectados em alta tensão e 4,06% em media para os de baixa tensão. A previsão inicial  era de um índice de 3,45%.

A maior contribuição para o resultado veio da parcela A, que inclui encargos setoriais, custo de transmissão e compra de energia. O item que mais contribuiu foram os custos de transporte, afetados pela correção expressiva no valor das tarifas das transmissoras.

A Aneel também aprovou os limites dos indicadores de qualidade DEC e FEC, que indicam a duração e a frequência das interrupções no fornecimento de energia, para o período de 2022 a 2025.

As novas tarifas da distribuidora entrarão em vigor na próxima quinta-feira, 4 de fevereiro. A Energisa Borborema atende seis municípios na Paraíba com cerca de 510 mil habitantes.