Desarmes em subestação da Chesf interrompem 225 MW no Ceará

Cargas da Enel demoraram uma hora e 49 minutos para serem restabelecidas

Um desligamento automático do sistema de transformação em 230/69 kV da subestação Sobral II (CE), registrado às 05:30 horas da última terça-feira, 16 de fevereiro, provocou a interrupção de 170 MW da Enel no Ceará, informa o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) por meio de seu boletim diário.

O restabelecimento das cargas, por meio da transferência de 45 MW para as subestações de Tauá, Cauípe e Acaraú II, começou a ser realizado 15 minutos após o desarme. Já às 06:42 foi iniciado a recomposição da rede através da SE Sobral II, processo interrompido devido a uma nova ocorrência, cortando cerca de 55 MW.

Em nota, a Chesf atribuiu os eventos a um quadro de chuvas intensas e descargas atmosféricas na região, e que ações imediatas foram adotadas para o “isolamento e eliminação do defeito”.

De acordo com o ONS, o novo restabelecimento iniciou às 07:14 horas, por meio dos transformadores T3 e T4, sendo concluído às 07:19 horas. Por fim, os transformadores restantes foram normalizados ao longo da tarde, com o último às 15:48 horas.