Eólicas são liberadas para operação comercial e em teste

Usina fotovoltaica também recebe autorização para operação em teste

A Agência Nacional de Energia Elétrica autorizou a operação das unidades geradoras UG1 a UG6, de 4,2 MW cada, totalizando 25,2 MW de capacidade instalada, da EOL Campo Largo IX. Localizada no município de Umburanas, no estado da Bahia, de titularidade da empresa CLWP Eólica Parque IX S.A. O início da operação comercial será a partir de 23 de fevereiro de 2021 .

A Aneel também autorizou o início da operação em teste das unidades UG3 a UG5, de 4,2 MW cada, totalizando 12,6 MW de capacidade instalada, da EOL Campo Largo XIV. Localizada no município de Sento Sé, estado da Bahia, de titularidade da CLWP Eólica Parque XIV S.A. O início da operação em teste será a partir de 23 de fevereiro.

Também foram liberadas para operação em teste a partir do dia 23 de fevereiro, as unidades geradoras UG1 a UG6, de 4,2 MW cada, totalizando 25,2 MW de capacidade instalada, da EOL Aventura III. Localizada no município de Touros, no estado do Rio Grande do Norte, da empresa Central Eólica Aventura III S.A. A unidade geradora UG6, de 4,2MW, da EOL Ventos de São Januário 10. Localizada no município de Campo Formoso, no estado da Bahia, da empresa Parque Eólico Ventos de São Januário 10 S.A. E por último, as unidades UG1 a UG9, de 3,333MW cada, totalizando 30 MW de capacidade instalada, da UFV Solar Salgueiro II. Localizada no município de Terra Nova, no estado de Pernambuco, da empresa Salgueiro II Energias Renováveis S.A. Todas as informações foram divulgadas no Diário Oficial da União.