CCEE: liquidação do MCP de janeiro traz pagamentos de R$ 602 milhões de GSF

Valor vem da antecipação de repactuação de 25 agentes

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica oficializou nesta quarta-feira, 10 de março, o recebimento e a liberação de mais R$ 602 milhões relativos às parcelas até então consideradas em aberto por conta de liminares contra o GSF, durante a liquidação financeira do Mercado de Curto Prazo referente a janeiro de 2021.

Ao todo, a operação movimentou R$ 3,03 bilhões dos R$ 9,46 bilhões contabilizados. Do valor não pago, R$ 6,44 bilhões estão relacionados à judicialização do risco hidrológico no mercado livre. Outro R$ 1,22 milhão foi considerado como inadimplência e R$ 790 mil correspondem a parcelamentos. Esta também foi a primeira liquidação financeira do MCP sob a vigência do PLD Horário, cujos preços foram considerados na contabilização.

A liberação de R$ 602 milhões do GSF refere-se às parcelas de 25 agentes, que optaram por antecipar o pagamento mesmo antes da aderirem oficialmente à proposta de repactuação em curso. Caso o movimento não houvesse ocorrido, o valor relacionado às liminares do GSF somaria R$ 7,1 bilhões no mês. A lista destes agentes que decidiram pela quitação pode ser acessada por aqui.