BP fecha contrato de 15 anos com Casa dos Ventos

Fornecimento de energia começa em 2023 e BP Comercializadora que ser elo entre geradores e consumidores

A petroleira BP fechou com a Casa do Ventos contrato de fornecimento de energia. Com duração de quinze anos, acima da média do setor, o contrato começa a partir de 2023 e demonstra o compromisso que as duas empresas assumem juntas para apoiar a transição energética no Brasil. De acordo com Lucas Araripe, diretor de Novos Negócios da Casa dos Ventos, vivemos um momento de mudança, em que empresas estão cada vez mais conscientes e engajadas com a sustentabilidade, ao mesmo tempo em que as fontes renováveis já se apresentam como as mais competitivas economicamente, criando um cenário ideal para essa transição.

Em seu primeiro ano de operação no Brasil, a BP  Comercializadora de Energia desenvolve soluções diferenciadas para os seus clientes do mercado livre. Segundo Felipe Quaresma, Head de Originação de Energia da BP, a estratégia é ser o elo entre os geradores e os consumidores de energia, uma vez que eles geram e consomem, vendem e compram energia de formas diferentes, criando oportunidades para ambos se beneficiarem da nossa capacidade de gerenciamento de riscos e portfólio diversificado de produtos. Para ele, o contrato com a Casa dos Ventos demonstra o compromisso de longo prazo da BP com o Brasil e o foco na transição energética.

Quando em plena operação comercial, Rio do Vento será um dos maiores complexos eólicos do mundo, com capacidade instalada superior a 1 GW. Ainda de acordo com Lucas Araripe, o recurso eólico em Rio do Vento é referência mundial e além da velocidade alta e constante, os ventos são unidirecionais. Ao juntar esse vento excepcional com a grande escala do projeto, chega-se a um custo de geração de energia muito competitivo.