Enel SP amplia ações de combate a fraudes e furtos de energia em 2020

Ao todo foram realizadas mais de 246 mil inspeções na rede elétrica dos 24 municípios atendidos pela concessionária

A Enel SP intensificou as ações de combate às fraudes e aos furtos de energia em 2020. No ano passado, a distribuidora realizou mais de 246 mil inspeções na rede elétrica dos 24 municípios de sua área de concessão, crescimento de 27,8% na comparação com as 192 mil inspeções realizadas em 2019.

A distribuidora informou que essa ação permitiu à companhia identificar 69,9 mil irregularidades no ano passado, um aumento de 19,5% em relação às 58,5 mil fraudes encontradas em 2019. Com isso, a Enel SP conseguiu recuperar 92 milhões de kWh de energia furtada. Esse volume, que representa uma expansão de 142,5% frente aos 37,93 milhões de kWh recuperados em 2019, seria suficiente para abastecer 35,6 mil residências na área de concessão da distribuidora com consumo médio mensal de 215,14/kWh.

Maior município da área de concessão da concessionária, São Paulo lidera o ranking de inspeções em 2020, totalizando 167,4 mil, com 45.071 irregularidades encontradas. A capital é seguida por São Bernardo (13.149 inspeções e 2.960 irregularidades), Santo André (8.778 inspeções e 1.892 irregularidades), Diadema (8.197 inspeções e 2.032 irregularidades) e Osasco (7.953 inspeções e 2.032 irregularidades).

Vale ressaltar que as fraudes e furtos são crimes previstos no Código Penal, e a pena pode variar de um a oito anos de detenção. Além disso, também são cobrados dos fraudadores os valores retroativos referentes ao período em que ocorreu a irregularidade, acrescida de multa.