Comitê aprova indicação de Silva e Luna para presidência da Petrobras

Processo para sucessão de Castello Branco ainda depende do voto dos acionistas, que irá ocorrer no dia 12 de abril

O Comitê de Pessoas da Petrobras aprovou a indicação do general Joaquim Silva e Luna, atual diretor-geral de Itaipu, para os cargos de conselheiro de administração e de presidente da estatal, afirmando que o mesmo preenche os requisitos previstos na legislação e na Política de Indicação de Membros da Alta Administração, informa o comunicado ao mercado emitido pela companhia na noite da última terça-feira, 16 de março.

O processo, que deve ser encerrado no dia 12 de abril, data da Assembleia Geral Extraordinária, ainda depende dos votos dos acionistas.

A petroleira também recebeu de dez sócios a indicação do candidato Marcelo Gasparino da Silva para uma vaga no Conselho de Administração. Advogado especialista em administração tributária empresarial pela ESAG e atual presidente do conselho da Eternit, Gaspariano é membro ainda do conselho da Vale, Cemig e do fiscal da própria Petrobras.

O Conselho Fiscal, cuja eleição para as vagas remanescentes acontecerá em 14 de abril, teve as indicações de Michele da Silva Gonsales Torres, advogada, atualmente sócia da ALFM Advogados, e Antônio Emílio Freire, auditor sênior que vem atuando em cargos de liderança em gestão de riscos, planejamento estratégico e controles internos nos últimos dez anos. Ambos nomes trazidos pelos acionistas FIA Dinâmica Energia e Banclass FIA.