Cemig avalia desinvestimento na Taesa

Estatal mineira iniciou estudo para analisar modelos e estruturas para eventual alienação de sua participação na transmissora

A Cemig está avaliando as estruturas para o desinvestimento de sua participação na Taesa, com vistas à otimização da sua alocação de capital, informou a companhia em comunicado ao mercado na noite da última sexta-feira, 26 de março.

Segundo a empresa, o processo tocado pela diretoria se encontra em fase de identificação e estudo das alternativas disponíveis, contando com auxílio de assessores especializados para ajudar na análise do melhor modelo e estrutura para a eventual decisão, que deverá ser submetida a apreciação do Conselho de Administração.

A estatal mineira possui 21,7% das ações totais da transmissora e a controla em conjunto com a ISA brasil, do grupo colombiano ISA, que possui uma fatia de 14,9%.