Isa Cteep inicia obra do trecho subaquático da Interligação Elétrica Biguaçu

Com o projeto, Florianópolis passa a contar com três sistemas de transmissão, reduzindo o risco de interrupção no fornecimento de energia

A Isa Cteep iniciará a obra do trecho subaquático na Baía do Norte da Interligação Elétrica (IE) Biguaçu, localizada no estado de Santa Catarina, após obtenção da Licença Ambiental de Instalação emitida pelo Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA).

O empreendimento, arrematado no lote 01 do leilão de transmissão realizado em junho de 2018, conta com o investimento de R$ 641 milhões e o prazo estipulado pela Aneel para energização é setembro de 2023. O projeto conta com a ampliação de uma subestação e a construção de outra e de uma linha de transmissão de 230 kV com dois circuitos de 28 km cada, incluindo trechos aéreos, submarinos e subterrâneos.

Segundo a transmissora, a obra visa à maior segurança e confiabilidade no fornecimento de energia elétrica na região metropolitana de Florianópolis. Com o aumento da oferta de energia para toda a região, o projeto ampliará o desenvolvimento econômico, social e tecnológico do Estado, além de atrair novos empreendimentos para Santa Catarina, suportando o aumento de cargas decorrente da expansão das atividades econômicas na região.

A Isa Cteep informou que para a implantação da linha de transmissão no trecho submarino, serão utilizados seis cabos condutores, com extensão média de 13 km, que serão lançados em valas executadas no leito marítimo, com profundidade de um metro, a partir da praia em Biguaçu. Em seguida, os cabos serão enterrados com o auxílio de um dispositivo com jatos d’água, técnica que minimiza o revolvimento e a dispersão de sedimentos. Além disso, a empresa aplicará outras técnicas de preservação, como a baixa rotação do motor da balsa e o uso de cabos blindados e isolados.