Neoenergia aposta em grafitagem de SEs para incentivar segurança em comunidades

Mural de 155 metros foi instalado na nova subestação da Elektro, no Guarujá, e iniciativa já acontece em subestações da companhia no Nordeste

As distribuidoras da Neoenergia encontraram uma forma de conscientizar a população, reduzir casos de vandalismo e prevenir acidentes nas suas subestações. A arte da grafitagem vem ganhando espaço e destaque nos muros das subestações da companhia. Um exemplo é a nova subestação Guarujá 04, da Elektro, distribuidora no litoral de São Paulo, onde foi instalado um mural de 155 metros de extensão e que trata sobre a importância da energia e dicas de segurança e economia.

A ação realizada na subestação Guarujá 04 foi idealizada pelo casal de artistas Wilis e Leila Cavalcante, que vive na localidade e atende com aulas de artes visuais gratuitas cerca de 100 adolescentes. A iniciativa já é adotada pelas concessionárias da companhia no Nordeste – Coelba (BA), Celpe (PE) e Cosern (RN). Atualmente, estão em implantação intervenções artísticas nas novas subestações Três Lagoas, da Elektro, em Mato Grosso do Sul; São Lourenço, da Celpe; e Juazeiro 4, da Coelba.

A subestação Guarujá 04 está localizada na comunidade do Cantagalo, de onde vem parte dos alunos do projeto Escola de Artes Visuais, do Instituto Asas. No projeto social, o casal oferece formação em grafite sem custos para adolescentes com idades entre 12 a 17 anos de baixa renda que vivem nas comunidades da região. O mural conta com seis painéis, com ilustrações e frases que conscientizam sobre o perigo do furto de energia, eficiência energética, segurança nas construções, riscos de entrar na subestação sem autorização, a importância da energia e uma advertência para evitar áreas próximas às redes elétricas em brincadeiras com pipas.

Segundo a companhia, a intervenção foi realizada em março, dois meses após a inauguração da subestação. O novo empreendimento tem capacidade de 33 MVA, distribuída em cinco alimentadores de 13,8 kV, e conta com tecnologia GIS (sigla do inglês para Equipamento Isolado a Gás), que aumenta a sua eficiência, além de sistema automatizado para a operação à distância pelo Centro de Operação da Distribuição (COD) da Elektro, em Campinas (SP).