Eletrobras comunica renúncia de Lucia Maria Martins Casasanta

Conselheira de Administração deixará o cargo a partir de hoje, 14 de abril

A Eletrobras informou ao mercado que a conselheira de administração, Lucia Maria Martins Casasanta, indicada pelo acionista controlador, renunciou, a partir desta quarta-feira, 14 de abril, ao seu cargo no Conselho de Administração da Eletrobras, cujo mandato se encerra no final do mês de abril de 2021, devido aos novos desafios profissionais e pessoais que pretende assumir.

A companhia informou que Lucia foi a primeira Diretora de Governança, Riscos e Conformidade da Eletrobras, selecionada por processo independente de Head Hunter. Em julho de 2020, Lucia renunciou ao cargo de Diretora e foi indicada pelo controlador para uma de suas vagas no Conselho de Administração, sendo também, até esta data, a coordenadora do Comitê de Estratégia, Governança e Sustentabilidade, além de membro do Comitê de Elegibilidade das Empresas Eletrobras.

A Companhia divulgará, em até 7 dias úteis, a íntegra da carta de renúncia, como anexo, da ata de reunião do Conselho de Administração, bem como, oportunamente, a nova composição dos Comitês de Estratégia, Governança e Sustentabilidade e o de Elegibilidade.