Eletrobras aprova emissão de R$ 2,7 bi em debêntures de olho em Angra 3

Recursos captados na segunda série serão destinados exclusivamente à implementação da central nuclear

Após reunião do conselho, Eletrobras aprovou a emissão de R$ 2,7 bilhões em debêntures simples, com a distribuição pública em duas séries, a primeira envolvendo 1,2 milhão e a segunda 1,5 milhão de ações, informa a companhia em comunicado ao mercado na noite da última terça-feira, 13 de abril.

Segundo a nota, os recursos captados serão utilizados para reforço de caixa no curso ordinário dos negócios da estatal, com a segunda parcela sendo destinada exclusivamente para “pagamentos futuros ou reembolso de gastos, despesas ou dívidas relacionados à implantação da Usina Termonuclear Angra 3”.