Aneel libera 70,6 MW de eólica e biomassa para operação comercial

Em teste, entram 33 MW de usinas eólicas na Bahia

A Agência Nacional de Energia Elétrica liberou um total de 103,6 MW de capacidade instalada para operação comercial e teste a partir desta sexta-feira, 23 de abril. A maior unidade geradora em operação comercial pertence a UTE Onça Pintada, da Eldorado Brasil Celulose. A UG1 da usina tem capacidade de 50 MW. O empreendimento fica localizado no município de Três Lagoas (MS).

Já a Alcoeste Bioenergia Fernandópolis poderá operar três unidades consumidoras da térmica Casa de Força, somando 16,4 MW. A UG1 tem 2,4 MW de capacidade; UG2, 4 MW; e a UG3, 10 MW. A usina fica no município de Fernandópolis (SP). Já o parque eólico Serrote VII vai operar a UG3, com 4,2 MW, em Trairi (CE).

No município de Santa Sé, na Bahia, vão entrar em teste UG5, do parque eólico Campo Largo XIX; UG9, do Campo Largo XX; e UG1, do Campo Largo XXII; todas com 4,2 MW cada, somando 12,6 MW de capacidade. Já no município baiano de Morro do Chapéu serão testadas três unidades geradoras da eólica Serra da Babilônia B, somando 15,3 MW de capacidade, e um aerogerador da Serra da Babilônia C, com 5,1 MW.