WEG tem lucro de R$ 764,2 milhões no primeiro trimestre de 2021

Aumento ficou em 73,7% na comparação com mesmo período de 2020. Ebitda chegou a R$ 1,01 bilhão

A fabricante de equipamentos WEG terminou o primeiro trimestre do ano com lucro líquido de R$ 764,2 milhões. O valor é 73,7% acima do registrado no mesmo trimestre do ano passado, de R$ 440 milhões. A receita operacional líquida da empresa ficou em R$ 5,06 bilhões, 36,7% acima do primeiro trimestre de 2020. O Ebitda da WEG saiu de R$ 619,1 milhões no primeiro trimestre de 2020 para R$ 1,01 bilhão.

De acordo com a empresa, o negócio de transmissão e distribuição continua sendo responsável por parte considerável do crescimento, com transformadores de grande porte e subestações sendo entregues para projetos ligados aos leilões de linhas de transmissão realizados nos últimos anos. Outro nicho de negócios, o da geração solar distribuída, também apresentou boa demanda, contribuindo positivamente para o desempenho da área de negócios, mas em ritmo menor que o apresentado nos últimos trimestres.

Já no mercado externo, os resultados no trimestre também foram bons, de acordo com a WEG, em especial em T&D na América do Norte, com a importante contribuição da sinergia entre nossas operações nos EUA e México. Nos negócios de geração, o destaque é o bom desempenho na operação na Índia, apesar das dificuldades enfrentadas devido à pandemia no país.

A empresa informou ainda em comunicado ao mercado a aprovação da proposta de desdobramento das ações representativas do Capital Social da WEG, passando cada ação ordinária a representar duas ações ordinárias, sem elevação do Capital Social. O objetivo da operação é o de ampliar o acesso de investidores às ações emitidas pela Companhia, diversificar a base acionária e aumentar a liquidez das ações.