Eólicas e termelétrica recebem autorização para operação comercial

CGH Formigueiro e EOL Costa das Dunas são liberadas para operação em teste

A Agência Nacional de Energia Elétrica liberou para operação comercial as unidades geradoras UG2 a UG8, de 3,465 MW cada, totalizando 24,255 MW de capacidade instalada, da EOL Potiguar B32. Localizada no município de Serra do Mel, no estado do Rio Grande do Norte, de titularidade da EOL Potiguar B32 SPE S.A. Foram liberadas também as UG3 e UG4, de 4,2 MW cada, totalizando 8,4 MW de capacidade instalada, da EOL Serrote IV. Localizada no Município de Trairi, no estado do Ceará, de titularidade da Serrote IV Geração de Energia Elétrica S.A.

A Aneel autorizou ainda para operação comercial, a unidade geradora UG10, de 4.2 MW de capacidade instalada, da EOL Ventos de São Januário 10. Localizada no município de Campo Formoso, no estado da Bahia, de titularidade da Parque Eólico Ventos de São Januário 10 S.A.. E ainda, as UG1 a UG18, de 1,059 MW cada, totalizando 19,062 MW de capacidade instalada, da UTE Tabatinga – CGA. Localizada no Município de Tabatinga, no Estado do Amazonas, de titularidade da Aggreko Energia Locação de Geradores Ltda.

A agência reguladora liberou também para operação em teste, UG1, de 1,75 MW de capacidade instalada, para fins de contabilização de sua energia, da usina CGH Formigueiro. Localizada nos Municípios de Boa Vista do Cadeado e Ijuí, no estado do Rio Grande do Sul, de titularidade da Formigueiro Geração E Comercio de Energia Elétrica Ltda. E por fim, a UG3, de 3,55 MW de capacidade instalada, da EOL Costa das Dunas. Localizada no Município de Touros, no Estado do Rio Grande do Norte, da SPE Costa das Dunas Energia S.A.

Todas as liberações, tanto para operação comercial, quanto operação em teste, serão iniciadas a partir de 30 de abril de 2021, segundo informações divulgadas no Diário Oficial da União.