Schneider Electric lança projeto para reduzir a pegada de CO2

O "Projeto Carbono Zero" visa apoiar a transição do mundo para um futuro net-zero

A Schneider Electric, empresa de transformação digital de gerenciamento e automação de energia, lançou o Projeto Carbono Zero. Sob a nova iniciativa, a empresa fará parceria com seus mil principais fornecedores, que representam 70% das emissões de carbono da companhia, para reduzir pela metade as emissões de CO2 de suas operações até 2025. A iniciativa faz parte das metas de sustentabilidade da Schneider para 2021-2025.

De acordo com a Schneider, no programa a empresa fornecerá ferramentas e recursos aos participantes para ajudá-los a definir e atingir as próprias metas de redução de carbono. Primeiramente, os fornecedores serão incentivados a quantificar suas emissões de CO2 usando as ferramentas digitais da empresa. Então, utilizarão esses dados para definir metas e estratégias de redução de emissões. Eles também trabalharão para atingir seus objetivos por meio de iniciativas de descarbonização, como eficiência energética ou energias renováveis. O Projeto Carbono Zero permitirá o intercâmbio de melhores práticas com colegas e parceiros para acessar outras soluções inovadoras para a descarbonização.

O programa será apoiado pela divisão de Serviços de Energia e de Sustentabilidade da Schneider, que já fez parceria em iniciativas semelhantes de descarbonização da cadeia de suprimentos com seus clientes corporativos, incluindo Walmart, GSK e a Sustainable Apparel Coalition global. A empresa também estreou seus serviços corporativos de Assessoria em Mudanças Climáticas e Descarbonização da Cadeia de Suprimentos em fevereiro. Para saber mais, visite www.se.com/ess.