Copel compra complexo eólico por R$ 1,059 bilhão

Empreendimento tem 186,7 MW de capacidade instalada

A Copel anunciou a compra do Complexo Eólico Vilas, no valor de R$ 1,059 bilhão. O empreendimento tem 186,7 MW de capacidade instalada e fica no município de Serra do Mel (RN). Com mais esta planta, a companhia passa a ter 920,22 MW de capacidade geradora em usinas eólicas no estado potiguar.

De acordo com a empresa, a compra faz parte de uma estratégia de crescimento sustentável em energia renovável e deve ampliar a diversificação da matriz de geração. A aquisição será financiada com contratos de longo prazo firmados com o Banco do Nordeste.

“Na região desse empreendimento, o regime de ventos favorece a geração no período diurno e isso configura uma vantagem estratégica, pois, durante o dia, o preço horário da energia tende a ser maior, aumentando o potencial de ganho do projeto”, destacou em nota o presidente da Copel, Daniel Pimentel Slaviero.

A atual dona do empreendimento é a Voltalia Energia do Brasil. O fechamento da transação ocorrerá em 30 de novembro de 2021. Até lá, o complexo formado por cinco parques eólicos estará com todos os 55 aerogeradores produzindo energia. A aquisição está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), de credores e outras condições usuais, incluindo a operação comercial de todos os parques.

A Copel vem, desde 2015, ampliando a presença no segmento eólico com projetos no Rio Grande do Norte. Com a adição de capacidade do Complexo Vilas, a fonte eólica passará a representar 13% do portfólio de geração de energia da Copel, sinalizando redução na exposição ao risco hidrológico.