Aneel aprova operação comercial e em teste de eólicas

Início das atividades será a partir de 18 de maio

A Agência Nacional de Energia Elétrica liberou para início de operação comercial, a partir de 18 de maio, a unidade geradora UG1, de 1,2 MW de capacidade instalada, para fins de contabilização de sua energia, da usina CGH Pingo de Ouro. Localizada no município de São Pedro de Alcântara, no estado de Santa Catarina, de titularidade da Pequena Central Hidrelétrica Rio Imaruí Ltda. E as UG1 a UG4, de 5,1 MW cada, totalizando 20,4 MW de capacidade instalada, da EOL Serra da Babilônia A. Localizada no Município de Várzea Nova, no Estado da Bahia, de titularidade da empresa Eólica SDB Alfa S.A.

A Agência autorizou também para operação em teste, a partir de 18 de maio, a UG6, de 4,2 MW de capacidade instalada, EOL Santa Rosa e Mundo Novo III. Localizada no Município de Lajes, no Estado do Rio Grande do Norte, de titularidade da Central Eólica SRMN III S.A. E as Unidades Geradoras UG8 e UG9, de 4,2 MW cada, totalizando 8,4 MW de capacidade instalada, da EOL Ventos de São Januário 11. Localizada no município de Campo Formoso, no Estado da Bahia, de titularidade da Parque Eólico Ventos de São Januário 11 S.A.