Abragel fala em resgate para PCHs

Associação elogiou a emenda à MP 1031 que permite a contratação de pequenas usinas em leilão

Ao contrário de outras entidades do setor elétrico que defenderam a revisão das alterações na Medida Provisória 1031, a Associação Brasileira de Geração de Energia Limpa elogiou a emenda à MP que permite a contratação em leilão de 2 GW em pequenas centrais hidrelétricas. Segundo a Abragel, a medida representa o resgate de uma dívida histórica que o setor tem com as PCHs e vai permitir a realização de investimentos da ordem de R$ 20 bilhões que vão beneficiar cerca de duas centenas de municípios.

Esses investimentos irão auxiliar também na retomada econômica pós-pandemia, com a geração de 135 mil empregos diretos e indiretos nos próximos quatro anos, além de mais de 700 mil novos empregos remotos, afirma a associação.

“Essa medida é fundamental para o setor elétrico brasileiro, tendo em vista os atributos particulares dessa fonte de geração de energia elétrica, que tem enorme potencial a ser explorado, especialmente neste momento em que o país não apenas tem energia cara – gerada por térmicas a combustível líquido – com se avizinha no final do ano a possiblidade real de problemas de suprimento”, reforçou a Abragel em nota.