Aneel libera térmica de 11,3 MW para operação na PB

CGH também foi aprovada em Santa Catarina, além de mais aerogeradores para testes no Nordeste

A Aneel deliberou a operação comercial da térmica Miriri, com quatro unidades geradoras totalizando 11,3 MW de potência instalada na cidade de Santa Rita (PB) e outorgada à Miriri Alimentos e Bioenergia, em decisão publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira, 25 de maio.

A empresa Barrinha Geração de Energia também recebeu o parecer positivo do regulador e já pode iniciar a operação da central hidrelétrica Barrinha, em duas turbinas somando 486 kW de capacidade no município de Xanxerê e Xaxim (SC).

Já a Engie obteve o provimento da Agência para começar a testar dois aerogeradores da central Campo Largo XX e um na EOL Campo Largo XXII, num total de 12,6 MW em Sento Sé (BA).

Por fim a Costa das Dunas Energia, uma SPE entre a Elera Renováveis e CPFL Renováveis, está autorizada a iniciar a testagem de uma turbina de 3,5 MW no parque Costa das Dunas, no município de Touros (RN).