Níveis não mudam e reservatórios do SE/CO mantém 32,2%

Região Sul apresentou o maior crescimento e opera a 57,2%, afirma ONS

Em meio à crise hídrica que impõe dificuldades à operação e gestão do setor elétrico, os níveis dos reservatórios do Sudeste/Centro-Oeste não variaram e constam com 32,2% de sua capacidade no último domingo, 30 de maio, em comparação ao dia anterior, informa o boletim do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). A energia armazenada mostra 65.523 MW mês e a ENA é de 23.051 MW med, o mesmo que 57% da média de longo termo armazenável no mês até o dia. Furnas admite 36,87% e a usina de Nova Ponte marca 16,10%.

O volume útil teve a maior alteração na região Sul, que subiu 0,8 pontos percentuais para 57,2%. A energia armazenada é de 11.383 MW mês e a energia natural afluente marca 7.991 MW med, correspondendo a 24% da MLT. As UHEs G.B Munhoz e Passo Fundo funcionam com 75,23% e 47,79% respectivamente. No Norte o crescimento foi de 0,1 p.p e o submercado trabalha com 84,5%. A energia armazenada marca 12.816 MW mês e ENA de 11.364 MW med, equivalente a 72% da MLT. A UHE Tucuruí segue com 99,31%.

Os reservatórios nordestinos por sua vez não registraram mudanças na capacidade de armazenamento e operam a 63,6%. A energia retida é de 32.806 MW mês e ENA de 2.148 MW med, valor que corresponde a 38% da MLT. A hidrelétrica de Sobradinho marca 63,81%.

Outras informações sobre níveis de armazenamento, bem como a geração de gráficos comparativos, podem ser acessadas na Seção Reservatórios do Monitor, disponível para assinantes do CanalEnergia.