Consulta pública debate revisão de distribuidoras de SC

Os processos tarifários da Eflul e da João Cesa podem resultar em aumentos médios da conta do consumidor na casa dos 9%

As propostas de revisão tarifária das distribuidoras Empresa Força e Luz Urussanga e Empresa Força e Luz João Cesa, ambas de Santa Catarina, ficarão em consulta pública entre os dias 9 de junho e 26 de julho. As novas tarifas resultantes do processo serão aplicadas a partir de 29 de agosto.

O índice preliminar da Urussanga prevê aumento médio a ser percebido pelos consumidores de 9,14%, sendo em média de 10,05% para os clientes da alta tensão e de 8,39% os da baixa tensão.

Consumidores residenciais podem suas tarifas corrigidas em 7,32%. A Agência Nacional de Energia Elétrica vai realizar reunião pública virtual em 1º de julho, para apresentação e discussão da proposta.

O processo da João Cesa pode levar a um aumento tarifário médio de 9,55%, com impacto médio de 1,93% na alta tensão e de 11,64% na baixa tensão. Para consumidores residenciais, o efeito será de 11,58%. Está marcada audiência pública virtual no dia 25 de junho.