Neoenergia amplia entrega de refrigeradores científicos para vacinas

Objetivo da ação é contribuir para campanhas de imunização da população contra Covid-19 em cinco estados e no DF

Com o objetivo de contribuir com as campanhas de imunização contra a Covid-19, as distribuidoras da Neoenergia, Coelba (BA), Celpe (PE), Cosern (RN), Elektro (SP/MS) e Neoenergia Distribuição Brasília (DF), ampliaram as entregas de refrigeradores científicos para armazenar as doses das vacinas. A iniciativa foi iniciada em janeiro deste ano e passará a contar com um novo aporte, de aproximadamente R$ 3,4 milhões, para compra de novos equipamentos, totalizando mais de R$ 9,7 milhões para o projeto, em recursos do Programa de Eficiência Energética (PEE) das distribuidoras, regulado pela Aneel.

Segundo a companhia, o objetivo da ação, além de apoiar os municípios mais vulneráveis durante a crise na saúde, foi reduzir o consumo de energia e de entregar refrigeradores apropriados para armazenar vacinas e medicamentos em vez dos modelos de uso doméstico, o que não é recomendado. Ao todo, serão entregues 1.031 câmaras, disponibilizadas para todos os municípios atendidos na Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte e São Paulo, além de passar a atender a capital federal.

Visando também a sustentabilidade, a Neoenergia continuará recebendo dois refrigeradores ou freezers inadequados para vacinas, a cada novo equipamento entregue. Com os novos refrigeradores, a economia total de energia esperada é de 976,95 MWh/ano, o que equivale ao consumo mensal de mais de 9.700 residências com um gasto médio de 100 kWh por mês. Outra ação integrada ao projeto é a entrega de lâmpadas de LED para postos de saúde, hospitais e consumidores residenciais de baixa renda. Esse modelo permite uma economia de até 40%. Ao longo de um ano e meio, serão substituídas pelo menos 31 mil lâmpadas nos prédios públicos dos municípios contemplados e 115 mil para consumidores residenciais moradores de comunidades populares.