P&D visa otimizar gestão regulatória de processos da Aneel

Sistema de Inteligência Analítica deve ser concluído ainda nesse ano e projeto também prevê ferramenta para conscientização de consumidores e gestão dos programas de eficiência energética

Um sistema de informação na web para possibilitar novos ganhos a gestão regulatória dos Processos Tarifários e dos Programas de Eficiência Energética desenvolvidos pela Aneel. Esse é o mote do projeto de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) de Sistema de Inteligência Analítica do Setor Elétrico (Siase) iniciado em 2016 com 26 concessionárias do setor elétrico e que avança para ser concluído ainda neste ano.

Avaliada em R$ 11 milhões, a iniciativa tem como empresas executoras a Abradee, Axxiom e a Siglasul e objetiva também a criação de uma ferramenta para que o consumidor compreenda melhor como é composta a conta de energia, por meio da visualização dos componentes tarifários, além do da tecnologia analítica para que o público tenha acesso às informações sobre o setor elétrico de forma ágil e fácil, atendendo a Lei de Acesso à Informação n° 12.527/2011.

Três módulos foram desenvolvidos ao longo de 2018: Inteligibilidade Tarifária, com a função de cálculo dos processos de reajuste, revisão, reprodução e simulação de tarifas; Inteligência Analítica, ferramenta de mineração com a função de extrair, interpretar e analisar informações; e o Observatório dos Programas de Eficiência Energética, que realiza a gestão dos programas de eficiência energética do regulador.

Segundo a analista da Cemig e gerente do projeto pela companhia, Angélica Tozatto Baptista, a entrada em operação parcial das funcionalidades ocorreu em 2019 com o início do envio dos dados pelas distribuidoras, totalizando cerca de 80 milhões de registros ao mês.

“Agora os trabalhos recaem na finalização das entregas dos produtos definidos na manutenção evolutiva e suporte técnico, que aconteceram no ano passado, incluindo a responsabilidade pelo gerenciamento da hospedagem em nuvem”, informa Angélica.