Subestação a gás da Usina São Paulo recebe equipe chinesa para inspeção

Com a chegada do grupo, teve início a montagem dos equipamentos do circuito elétrico fabricados no país asiático

Os integrantes da equipe chinesa Chint Electric Co, fabricante dos equipamentos do circuito elétrico da subestação a gás (GIS), que está sendo construída na Usina São Paulo, chegaram ao Brasil para o início da montagem das peças que estão sendo utilizadas. Essa é considerada uma das etapas mais críticas do projeto, desde o seu início, em maio de 2020.

Segundo a empresa, os trabalhos continuam em ritmo acelerado, no entanto, foram adotados alguns procedimentos de acesso à sala da GIS durante a montagem para não comprometer os serviços e haver a necessidade de retrabalho. O ambiente precisa estar o tempo todo limpo, com controle de umidade e com a circulação de pessoas restringida. Nos últimos dias, foram entregues diversos equipamentos, como para-raios, seccionadoras, transformadores de corrente e de potência, buchas, estruturas metálicas de sustentação, retificadores, bancos de baterias, entre outros.

Com investimentos na ordem de R$ 40 milhões, a nova subestação de energia da Usina São Paulo deve entrar em funcionamento no próximo semestre oferecendo mais confiabilidade no fornecimento de energia para a usina.