ONS: reservatórios do Sudeste terminam junho com 28,7% de volume

Carga deve ter aumento de 8% na comparação com junho do ano passado

Os reservatórios do Sudeste/Centro-Oeste devem terminar o mês de junho com volume de 28,7%. Dados do Informe do Programa Mensal da Operação indica que a região Norte e que deverá ter os níveis mais elevados, com 71,3% no dia 30. Os níveis no Sul devem ficar em 66%, enquanto no Nordeste o volume fica em 59,3%.

A previsão mensal de junho da Energia Natural Afluente para o Sudeste/ Centro-Oeste é de 21.690 MW med ou 66% da Média de longo Termo. A ENA do Sul deve ficar em 5.252 MW med, que é 50% da MLT. No Nordeste, a ENA ao fim do mês chega a 1.770 MW med, que equivale a 38% da MLT. Na região Norte, a ENA prevista é de 7.698 MW med, o correspondente a 72% da MLT.

     

Já a carga mensal deve experimentar um aumento de 8% em junho na comparação com o mesmo mês do ano passado, chegando a 66.642 MW med. No Sudeste / Centro-Oeste, a variação deve ficar em 7,2%. A região Nordeste terá o maior crescimento, com 11,3%, seguido pelo Norte, com subida de 11% na carga. O menor aumento fica com a região Sul onde a carga cresce 6,2%.

A média semanal do Custo Marginal de Operação foi estabelecida em R$ 682,22/ MWh nos submercados Sudeste/ Centro-Oeste, Sul e Norte. No Nordeste, o CMO cai para R$ 440,56/ MWh.