Neoenergia implanta equipamentos em subestações

A instalação dos compensadores síncronos ocorre nas cidades de Santa Vitória do Palmar e Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul

A Neoenergia está implantando dois compensadores síncronos em subestações integrantes do Lote 14 (Leilão Aneel 004/2018) em construção no Rio Grande do Sul. A companhia destacou que os equipamentos, voltados a reforçar a estabilidade, qualidade e confiabilidade ao serviço, são os primeiros do tipo que a companhia irá operar no Brasil.

As instalações dos equipamentos, de acordo com a Neoenergia, acontecem nas subestações Marmeleiro 2, de tensão em 525 kV, e Livramento 3, em 230 kV, localizadas em Santa Vitória do Palmar e em Santana do Livramento, respectivamente. A expectativa é que as obras durem até setembro de 2021. Cada equipamento pesa cerca de 262 toneladas, com dimensões de 4,1 m (comprimento), 5,6 m (largura) e 4,6 m (altura). Para que ele seja fixado na base, somente a fundação possui cerca de 3 metros de profundidade.

Segundo a Neoenergia, o compensador síncrono é um equipamento que tem o papel de fazer regulações de tensão e de potência dentro da subestação. Isso significa que, a depender da demanda no momento, ele pode absorver ou fornecer potência reativa ao sistema. Assim, por exemplo, durante o período da madrugada, quando a demanda é baixa, o compensador absorve a energia advinda do Sistema Interligado Nacional, enquanto no horário de pico, o compensador atua de maneira a fornecer mais energia reativa, suprindo a necessidade do sistema e regulando os níveis de tensão.