Susten Energia e a BFL se juntam para captar R$ 50 milhões para projetos solares

Fundo de Investimento em Participações quer captar os recursos de investidores brasileiros e internacionais em até seis meses

A Susten Energia e a BFL Administradora anunciaram que se juntaram para criar um Fundo de Investimento em Participações (FIP) para captação de recursos para projetos de energia limpa da Susten em suas usinas de geração fotovoltaica em Minas Gerais. A primeira rodada do FIP visa captar R$ 50 milhões de investidores brasileiros e internacionais em até seis meses.

Em nota, o CCO da Susten Energia, Luiz Felipe Daudt, disse que a FIP é uma modalidade de investimento moderna, em renda variável, constituído sob a forma de condomínio fechado, para investidores interessados em diversificar seus portfólios. “Todos os recursos serão aplicados em nossas propriedades adquiridas em 2021 em diversos municípios de Minas Gerais”,

Caberá à BFL Administradora de Recursos fazer a administração da operação. A Susten informou ainda que o FIP representa mais um passo para o crescimento da companhia. Em fevereiro de 2021, a empresa fechou parceria com o Consórcio Urca e adquiriu 10 MW em projetos de energia limpa em Minas Gerais. Posteriormente, anunciou a aquisição de outros 10 MW em projetos no estado. Com esses investimentos, a Susten tem capacidade de geração de energia limpa para atender às necessidades de uma cidade com 80 mil habitantes.

“Com essas duas aquisições, a Susten já dispõe de 20 MW de energia para colocar à disposição de empresas interessadas. Além disso, concluiremos a primeira parte do nosso maior investimento em pouco mais de 15 meses, incorporando outros 50 MW e elevando a oferta de energia para 70 MV”, diz Daudt.