Fitch afirma rating ‘AA(bra)’ da Contour Participações

Perspectiva estável é reflexo da diversificação do portfólio de projetos da companhia, composto por PCHs e térmicas com operação e manutenção relativamente simples

A agência de classificação de risco Fitch Ratings afirmou o Rating Nacional de Longo Prazo ‘AA(bra)’ da Contour Global do Brasil Participações, conferindo perspectiva Estável. A análise reflete o diversificado portfólio de projetos da companhia, composto por pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) e usinas térmicas, com operação e manutenção relativamente simples.

A classificação também considera o fato de os projetos apresentarem baixo risco de volume, uma vez que a maioria das hidrelétricas participam do Mecanismo de Realocação de Energia (MRE) e as UTEs têm contratos bilaterais com contrapartes de sólido perfil de crédito.

A Fitch considera a estrutura da dívida fraca, pois é indexada ao Certificado de Depósito Interbancário (CDI) e permite uma distribuição adicional de recursos ao acionista de até R$ 50 milhões, quando o índice de cobertura do serviço da dívida (Debt Service Coverage Ratio -DSCR) estiver acima de 1,25 vez.

Segundo a avaliação, o projeto apresenta métricas financeiras compatíveis com ratings mais altos (DSCRs mínimo e médio de 1,27 vez e 1,47 vez, respectivamente), conforme as metodologias da agência. No entanto, o rating é limitado pela qualidade de crédito da Contour Global Plc, que garante os pagamentos relacionados à liminar que protegia a PCH Bahia e PCH Galheiros do pagamento referente aos déficits do Generation Scaling Factor (GSF), no montante estimado de R$ 52 milhões.