Eólica bate novos recordes e atende a mais de 100% da demanda no NE

Marca registrada nessa segunda-feira (12) representa 106,8% do consumo elétrico da região, afirma ONS

Os ventos sopram mais fortes no nordeste brasileiro, que registrou um novo pico de geração eólica instantânea na manhã desta segunda-feira, 12 de julho, alcançando 11.715 MW às 9:28 horas, informa o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), aferindo que o montante foi suficiente para abastecer a 106,8% de toda a região no minuto do recorde.

Os números vêm de uma sequência inédita desde a última quinta-feira, 8 de julho, quando a fonte atingiu a marca de 11.548 MW, valor suficiente para abastecer a 99,2% de toda a região. Um dia depois, na sexta-feira, 9 de julho, a geração instantânea bateu 11.464MW à meia-noite, valor correspondente ao fornecimento de 100,8% do subsistema.

Quanto ao recorde de geração média, o último registro foi dia 2 de julho, quando foram produzidos 9.707 MWmed,  volume capaz de atender a 91,9% da demanda da região no dia. Ainda segundo o ONS a energia eólica representa 10,7% da matriz elétrica brasileira e a expectativa é que chegue ao fim de 2025 atingindo 13,2%.