Petrobras tem nota stand-alone elevada pela S&P

A agência elevou o nível de “bb” para “bb+”

A agência de classificação de risco S&P Global Ratings (S&P) elevou a nota de crédito stand-alone (risco intrínseco) da Petrobras em um nível, de “bb” para “bb+”.

De acordo com o comunicado enviado pelo Petrobras, a agência manteve o nível de risco (rating) da dívida corporativa da companhia em “BB-“, dois níveis abaixo da nota stand-alone, devido ao limite imposto pelo rating da República Federativa do Brasil. A perspectiva foi mantida como estável.

A S&P ressaltou que a elevação da nota stand-alone reflete a melhora na estrutura de capital da companhia, a sólida geração de caixa e o progresso no programa de vendas de ativos. Destacou ainda o foco na redução de custos, ganhos de eficiência e a forte posição competitiva da companhia.