MME aprova R$ 3,3 bi em projetos de distribuição como prioritários

Provimentos de julho referem-se a investimentos do Grupo Energisa e Neoenergia

O Ministério de Minas e Energia, por meio da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético (SPE), aprovou como prioritários no mês de julho, para fins de emissão de debêntures incentivadas, dez projetos de investimento em infraestrutura de distribuição de energia elétrica até 2022.

Os provimentos da pasta referem-se a dez concessionárias e investimentos que devem totalizar R$ 3,3 bilhões abrangendo os estados de Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Sergipe, Rio de Janeiro, Rondônia e Paraná, através da Energisa, além de Rio Grande do Norte e São Paulo, pela Coelba e Elektro.