Aneel recebe relatórios técnicos para Leilão de Transmissão 01/2022

Certame prevê mais de 3 mil km em LTs e 3.850 MVA em capacidade de transformação, somando cerca de R$ 6,7 bilhões de investimentos para os próximos seis anos

O Ministério de Minas e Energia encaminhou à Aneel o conjunto de relatórios técnicos para instrução do Leilão de Transmissão 01/2022, que prevê mais de 3 mil km em linhas de transmissão, 3.850 MVA em capacidade de transformação e investimentos estimados em R$ 6,7 bilhões para ampliações na Rede Básica dos estados de Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Amapá, Pará e Sergipe pelos próximos seis anos.

Dentre o conjunto dos empreendimentos indicados, destaca-se a concessão da linha 230 kV Laranjal do Jari – Macapá III, com cerca de 250 km de extensão, que em conjunto com a nova SE Macapá III e LT 230 kV Macapá – Macapá III, conclui a solução de planejamento para a confiabilidade no atendimento a região de Macapá (AP).

O documento foi elaborado pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), sob a coordenação do Departamento de Planejamento Energético da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético do MME. O certame tem previsão de realização em junho de 2022, com prazo estimado de 42 a 60 meses para entrada em operação das novas obras.

No caso dos empreendimentos indicados à Aneel para esse certame, estão em destaque as instalações de transmissão necessárias para aumentar a capacidade de transmissão entre a região norte de Minas Gerais e os principais centros de carga da Região Sudeste, as quais permitirão a conexão do potencial de geração renovável e expansão na capacidade de escoamento da interligação Nordeste-Sudeste.

Nesse contexto, a EPE está elaborando estudo que tem por objetivo promover a integração do potencial das fontes limpas no Nordeste, o que resultará na indicação futura de um conjunto de ativos capaz de promover a ampliação da capacidade de transmissão dessa região, assim como a do tronco de interligação Norte/Nordeste – Sudeste/Centro-Oeste.