Conselho da CGT Eletrosul aprova incorporação da transmissora Fote

Como a CGT Eletrosul é titular de 100% da Fote, o capital social da empresa não será aumentado, sem a necessidade de emissão de ações

O Conselho de Administração da CGT Eletrosul aprovou a incorporação da Sociedade de Propósito Específico (SPE) Fronteira Oeste Transmissora de Energia S.A. (Fote).

Em comunicado, a Eletrobras informou que, como a CGT Eletrosul é titular de 100% da Fote, “o capital social da CGT Eletrosul não será aumentado, não havendo necessidade de qualquer emissão de ações e, em consequência, do estabelecimento de relação de substituição de ações”.

A incorporação está condicionada ao implemento de condições suspensivas, como anuência prévia da SEST e anuência prévia da Aneel. A incorporação da transmissora Fote está no escopo da iniciativa de racionalização das participações societárias da Eletrobras, nos termos do Plano Diretor de Negócios e Gestão (PDNG 2021-2025).