Agosto inicia com novos recordes para geração eólica no Nordeste

Produção média de 11.680 MW na última sexta-feira abasteceria 104,4% da demanda do subsistema por um dia

O mês de agosto começou com bons ventos e novos recordes para a energia eólica no Nordeste, que chegou a 11.680 MW médios na última sexta-feira, 6 de agosto, representando 104,4% da demanda da região naquele dia.

O índice é 2,5% superior ao último, registrado em 22 de julho, quando foram  produzidos 11.399 MW médios, afirma o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), que no mesmo dia também registrou recorde de pico da fonte, com 12.805 MW às 22:16 horas e correspondendo a 105,9% do consumo da região.

O período conhecido como safra dos ventos se estende até novembro, sendo historicamente uma época com bons resultados para a geração deste tipo de energia, a terceira mais relevante da matriz elétrica nacional, com uma fatia de 10,9% e expectativa de que chegue ao fim do ano com 11,2%.