Equatorial fecha segundo trimestre com R$ 447 mi de lucro

Ebitda ajustado aumentou 42,7% para R$ 1,2 bilhão na base trimestral e no acumulado de 2021 está em R$ 2,3 bilhões,

A Equatorial Energia encerrou o segundo trimestre com um lucro líquido ajustado de R$ 447 milhões, aumento de 15,4% na comparação com o mesmo trimestre de 2020. No ano os ganhos somam a R$ 853 milhões, alta de 11,9% quando comparado o período até o final de junho. O resultado ebitda ajustado aumentou 42,7% para R$ 1,2 bilhão na base trimestral e no acumulado de 2021 está em R$ 2,3 bilhões, valor 19,6% maior do que no mesmo período de 2020.

De acordo com o balanço da companhia, o volume total de energia distribuída atingiu 5.921 GWh, com crescimento de 10,7% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. No ano o volume está 7,3% maior com 11.725 GWh.

As concessionarias no Piauí e Pará, apresentaram crescimentos de 14,7% e de 13,2%, respectivamente. No Maranhão e Alagoas a expansão foi a mesma, 7,2% na base trimestral. O número de consumidores aumentou 2,2%, para 7,8 milhões de unidades.

As perdas totais recuaram na maioria das distribuidoras em comparação ao primeiro trimestre, nos estados de Alagoas encerrou em 0,5 p.p. a menos, no Piauí em 0,7 p.p. no Pará recuou 0,6 p.p. O único aumento foi reportado no Maranhão em 0,5p.p. na comparação com o final do primeiro trimestre.

Os investimentos consolidados da Equatorial totalizaram R$ 473 milhões, redução de 21,3% comparado ao mesmo período de 2020. De acordo com a empresa, resultado da conclusão dos empreendimentos de transmissão.

Com isso, a alavancagem consolidada registrou 2 vezes a relação Dívida Líquida/Ebitda ajustado, caindo 0,3x em comparação ao mesmo trimestre de 2020. Segundo a empresa, resultado de forte geração de caixa nos períodos. As disponibilidades atingiram R$ 8,1 bilhões, correspondendo a 3,1x da dívida de curto prazo.