Energisa reverte prejuízo e atinge lucro de R$ 749 mi no segundo trimestre

Companhia aumentou em 228,6% o crescimento de caixa na comparação semestral

A Energisa melhorou seus resultados financeiros e fechou o segundo trimestre com lucro líquido de R$ 749 milhões, adicionando R$ 837 milhões em relação ao prejuízo de R$ 88 milhões registrado no mesmo período do ano passado. No semestre o aumento foi de 228,6%, totalizando R$ 1,6 bilhão, afirma na apresentação de seus resultados.

O Ebitda consolidado do grupo alcançou R$ 1,4 bilhão, aumentando 86,8%, enquanto a receita líquida movimentou R$ 6 bilhões, subindo 38,7% na comparação anual. Os investimentos cresceram 35,4%, perfazendo R$ 909,2 milhões no período.

As vendas de energia (mercado cativo + TUSD) tiveram acréscimo de 7,9%, atingindo 9.049,4 GWh. Considerando o consumo não-faturado o crescimento foi de 9,7% e todas as classes apresentaram incremento entre os trimestres

Já as perdas somaram 5.831 GWh em junho, representando 13,11% da energia injetada. O resultado é 0,66 pontos percentuais abaixo do que o registrado no primeiro trimestre. De forma geral as distribuidoras do grupo mantiveram o desempenho nos indicadores DEC e FEC abaixo dos limites regulatórios, com exceção apenas da Energisa Rondônia no DEC.