Chesf aplica R$ 65 mi na modernização de UHEs

Aportes foram direcionados para falhas que apresentavam maior necessidade de modernização

A Chesf está investindo R$ 65 milhões até o fim do ano em um amplo programa de melhorias em suas hidrelétricas focado no aumento da confiabilidade das instalações, processo que ganha ainda mais importância em um momento de crise hídrica e aumento na geração hidráulica na região Nordeste ao longo do segundo semestre.

A companhia concluiu nos últimos meses a modernização dos sistemas de elevação, levantamento e frenagem; regulador de tensão e velocidade; sistema de proteção; e substituição de disjuntores de alta tensão, além de serviços auxiliares, painéis de controle e video-wall nas usinas do complexo de Paulo Afonso, Xingó, Luiz Gonzaga e Sobradinho, totalizando aporte superior a R$ 35 milhões.

De acordo com a área técnica da empresa, os investimentos são fundamentais para o aumento da confiabilidade das usinas, tendo sido planejados especialmente para as falhas que apresentavam maior necessidade de modernização.