Reservatórios no Sudeste fecham agosto à metade de 2020

No Sudeste/Centro-Oeste recuo em relação ao ano anterior ficou na casa dos vinte pontos percentuais

Os reservatórios do Sudeste/Centro-Oeste encerraram o mês de agosto com volume de 21,3%. Há um ano, os níveis estavam em 42,3%. A queda de mais de 20 pontos percentuais na comparação com agosto de 2020 escancara a má situação da hidrologia no auge do período seco, que acabou por culminar em ações tomadas pelo governo, como a criação do bônus por redução de consumo e a da bandeira de escassez hídrica, estabelecida pela Agência Nacional de Energia Elétrica. A usina de Furnas, que operava com 49,2% no ano passado, agora está com 17,35%.

Na região Nordeste, a queda em um ano não foi menos impactante. O volume operativo de 75,6% registrado em agosto de 2020 se esvaiu para 49,3% esse ano. Sobradinho tinha 74,93% no ano passado e esse ano opera com 47,81%

Os níveis na região Norte, atualmente em 70,3%, apresentaram leve subida , já que no ano anterior estavam em 68%. A hidrelétrica de Tucuruí registra volume de 87,82%, enquanto em 2020 tinha 77,10%.

O Sul teve a queda mais acentuada em agosto na comparação com o ano anterior. Em 2020, os reservatórios operavam com 63% no período e este ano terminaram o mês com apenas 27,6%. A UHE Passo Real, que no ano passado operava com 87,58%, despencou para 43,82%.