GreenYellow conecta duas usinas solares para Oi

Usinas somam 10,92 MWp e são capazes de manter consumo de mais de 15.100 casas por um ano

A GreenYellow conectou duas usinas fotovoltaicas, uma em Goiás e outra no estado do Mato Grosso. Estas usinas serão responsáveis por gerar 22,3 GWh anuais para a Oi. Há aproximadamente um ano, as duas empresas estabeleceram um contrato para o fornecimento de 29,5 GWh anuais, que inclui outra central que em construção no Distrito Federal e também, 4,6 GWh provenientes de uma planta da multinacional francesa que está em operação desde outubro de 2020, em Jaíba, no estado de Minas Gerais.

As duas novas usinas conectadas estão localizadas em Nova Xavantina (MT) e Padre Bernardo (GO), e têm capacidade instalada de 5,38 MWp, com 16.550 painéis e 5,54 MWp, com 17.050 painéis, respectivamente. As usinas solares seriam capazes de manter o consumo de mais de 15.100 casas com energia fotovoltaica no período de um ano e de deixar de emitir cerca de 3.700 toneladas de CO2. Até o final de 2021, a quarta usina do contrato, localizada em Planaltina (DF), será conectada, contribuindo com mais 1,26 MWp.

Há dois meses, a Oi e a GreenYellow firmaram, ainda, um novo acordo, que envolve o fornecimento de mais 6.950 MWh anuais, que serão provisionados por meio da construção de uma fazenda fotovoltaica em Bela Vista do Paraíso (PR). A energia produzida para a distribuidora seria capaz de abastecer mais de 3.570 casas no período de um ano e evitaria a emissão de 810 toneladas de CO². A previsão é que a usina seja conectada à distribuidora da região no segundo trimestre de 2022.