Neoenergia indica 307 mil famílias para o Tarifa Social

Companhia contabiliza 3,2 milhões de clientes inscritos no programa e que não serão impactados pela nova bandeira tarifária

Com a definição de que os consumidores cadastrados na Tarifa Social de Energia Elétrica não serão impactados pela nova bandeira tarifária, que cobra R$14,20 a cada 100 quilowatt-hora, a Neoenergia contabiliza mais de 3,2 milhões de famílias contempladas pela decisão entre suas cinco distribuidoras.

Para essas unidades de baixa renda segue valendo a bandeira vermelha patamar 2, perfazendo R$9,492 a cada 100 kWh, com o benefício também concedendo descontos de até 65% na fatura. Até o momento a companhia identificou 620 mil novas inscrições no programa e que aproximadamente 307 mil famílias poderiam ser contempladas.

Para ter acesso ao desconto, o cliente deve estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). As famílias devem obter o Número de Identificação Social (NIS) diretamente em um Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) da área administrativa onde reside.