Leilão de Reserva de Capacidade tem 50,7 GW cadastrados

Maior volume é de térmicas a gás natural com 47 GW da oferta que está registrada pela EPE

A Empresa de Pesquisa Energética registrou o cadastramento de 132 projetos para o Leilão de Reserva de Capacidade que somam 50.691 MW potência. Desse total, 9.437 MW referem-se a empreendimentos existentes. O certame está agendado para ocorrer no dia 21 de dezembro.

As habilitações técnicas deverão ser emitidas no dia 6 de dezembro pela EPE. O prazo dos contratos é de 15 anos e o preço de referência do produto energia é o mesmo do preço médio dos leilões de energia nova A-6. Será permitida a participação de empreendimentos cujo CVU seja inferior a R$ 600,00/MWh.

O maior volume, como era de se esperar, veio de térmicas a gás natural com pouco mais de 47 GW, depois o carvão mineral apresentou oferta de 1.420 MW. Há ainda projetos a óleo combustível, diesel, biocombustível, bagaço de cana, resíduos sólidos, cavaco de madeira e biogás, conforme mostra a tabela abaixo.

Fonte: EPE

Serão dois produtos contratados. O primeiro é Energia, destinado a novos empreendimentos de geração, na modalidade por quantidade, associada à geração inflexível, e cuja inflexibilidade operativa de geração anual seja de até 30%.O segundo é Potência de empreendimentos novos e existentes, sem inflexibilidade operativa ou empreendimentos novos e existentes com flexibilidade operativa anual de até 30% e vencedores no produto
energia.