Renova: Sócios vão exercer direito de preferência e adquirir participação na Brasil PCH

Alienação se realizará pelo valor de R$ 1,1 bilhão, ofertado inicialmente pelo fundo Mubadala

A Renova Energia divulgou na última terça-feira, 14 de setembro, que os acionistas da Brasil PCH, BSB Energética e Eletroriver, optaram por exercer o direito de preferência para adquirir a totalidade das ações ordinárias de titularidade do Grupo, nas mesmas condições previstas na oferta realizada pela SF 369 Participações, do fundo Mubadala, a qual havia sido declarada como vencedora do Procedimento Competitivo para aquisição da UPI Brasil PCH prevista no Plano de Recuperação Judicial da do Grupo Renova.

De acordo com o comunicado, o referido exercício ocorre em estrita observância das regras, procedimentos, direitos e deveres das partes no Acordo de Acionistas Brasil PCH. A alienação se realizará pelo valor de R$ 1,1 bilhão, para a transferência da totalidade das ações ordinárias, escriturais e sem valor nominal de emissão da Brasil PCH, de titularidade do Grupo Renova.