Teles Pires investe em desenvolvimento sustentável na Amazônia

Projeto tem o objetivo de fomentar capacidades locais para acelerar cumprimento dos ODS

A usina hidrelétrica Teles Pires, controlada pela Neoenergia, iniciou o projeto Acelerando o Desenvolvimento. Os investimentos da empresa são direcionados para capacitar representantes locais nos municípios de Alta Floresta e Paranaíba (MT) e Jacareacanga (PA), buscando alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), criados pela Organização das Nações Unidas (ONU) na Agenda 2030.

De acordo com a empresa, a iniciativa é implantada em parceria com o BNDES e conduzido pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Até 2023, serão desenvolvidos processos de diagnósticos do desenvolvimento local à luz dos ODS e atividades de formação e assessoria para qualificar agentes públicos e privados. Essa qualificação é focada na criação de mecanismos para financiamento de ações, na implantação e fortalecimento de mecanismo de diálogo continuado na região e na elaboração dos Planos Plurianuais (PPAs), documento que traz planejamento governamental de médio prazo para esses municípios.

Serão aplicadas ao longo do projeto as estratégias de territorialização da Agenda 2030, levando em consideração os contextos locais para estabelecer as formas mais adequadas de implementação e indicadores de acompanhamento dos ODS. Isso porque, embora os 17 objetivos sejam universais, executá-los com base nas características regionais pode dar mais efetividade à sua aplicação.