GD rural atinge marca de 1 GW

ABGD projeta crescimento acelerado para classe de consumo, prevendo atingir 2,5 GW em 2022

A geração distribuída (GD) acaba de ultrapassar a marca de 1 GW de potência instalada no meio rural. Os dados são da  Agência Nacional de Energia Elétrica.  São mais de 64.500 usinas instaladas no campo para a produção própria de energia, sendo pouco mais de 95% composta por painéis fotovoltaicos. Completam o quadro as outras fontes, hídrica, biomassa e eólica.

O patamar é suficiente para abastecer cerca de 1,5 milhão de habitantes, conforme cálculos da Associação Brasileira de Geração Distribuída (ABGD). A entidade aponta crescimento acelerado para a classe de consumo, à exemplo dos segmentos residencial, comercial, industrial e setor público.

A entidade aposta que o setor vai alcançar o patamar de 2,5 GW em 2022. A disponibilidade de área e a ausência de altas edificações que bloqueiem a luz solar são algumas características que elevam as projeções de crescimento da tecnologia solar e da GD em propriedades rurais.