CPFL assume controle da CEEE-T

Empresa foi adquirida em leilão em julho após vencer leilão onde ofertou R$ 2,67 bilhões

A CPFL Energia assumiu o controle da CEEE-T. A cerimônia de transmissão ocorreu na manhã desta quinta-feira, 14 de outubro, no Rio Grande do Sul. O governador Eduardo Leite (PSDB) assinou o contrato de venda, encerrando o segundo processo de privatização da atual gestão. O primeiro foi da CEEE-D, vendida à Equatorial Energia, negociada no primeiro trimestre.

O leilão que selou a venda dos ativos de transmissão da empresa gaúcha ocorreu em julho. A CPFL Energia apresentou lance de R$ 2,67 bilhões, com ágio de 57,13%. O valor inicial estabelecido era de R$ 1,7 bilhão. Os estudos, modelagem da privatização e avaliação da companhia foram coordenados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.

Governador do RS, Eduardo Leite e CEO da CPFL, Gustavo Estrella, assinam contrato

A CEEE-T tem 56 subestações, que somam potência instalada própria de 10,5 mil MVA, e opera outras 18 unidades. A empresa também é responsável pela operação e manutenção de 6 mil quilômetros de linhas de transmissão (5,9 mil quilômetros próprios) e cerca de 15,7 mil estruturas (quase 15,3 mil próprias).

O governo do RS ainda deverá colocar ao mercado a última divisão da elétrica para venda, a CEEE Geração, que no passado estava integrada à transmissora.