AES Brasil termina P&D de balcão em blockchain para comercialização de energia

Solução teve investimentos de R$ 3,4 milhões e traz plataforma de trading 100% online

Após 18 meses de pesquisas e desenvolvimentos, a AES Brasil concluiu o “Projeto AES Brasil de Energy Intelligence”, em parceria com Fohat, que teve como objetivo desenvolver o primeiro balcão organizado em blockchain no país para compra e venda de energia em um ambiente digital, com a existência de uma contraparte central, que garante a custódia e a liquidação de contratos bilaterais de energia para compradores e vendedores. O projeto teve início em outubro de 2019 e investimento de R$ 3,4 milhões, por meio do programa de P&D da Aneel.

A nova solução impacta o mercado brasileiro, trazendo uma plataforma de trading 100% online e acessível, que agrupa todas as operações do blackoffice do usuário. Além disso, oferece integração com outras soluções externas, possibilitando um balcão organizado na comercialização de energia e, também, dos certificados de energia renovável em blockchain.

De acordo com Julia Rodrigues, gerente de P&D e Inovação da AES Brasil, todas as iniciativas foram testadas e comprovadas com os clientes, ressaltando que além da rapidez e segurança na gestão de ativos e risco, a plataforma oferece integração do fluxo do eletro em arranjos de Virtual Power Plant e a mesa de comercialização.

O alinhamento de ideias com a parceira Fohat Corporation, empresa curitibana de energy intelligence, obteve convergência na resolução de um problema com escalabilidade. Segundo Igor Ferreira, CEO da Fohat Corporation, o time multidisciplinar foi essencial para capturar o que a AES Brasil buscava, tornando a solução única e habilitando um ambiente de comercialização mais robusto capaz de suportar o crescimento do mercado.