Enel SP utiliza tecnologias para auxiliar trabalho de eletricistas

Entre as novidades estão realidade virtual, aumentada e termografia

A Enel SP está implementando em sua operação o uso de tecnologias para auxiliar no dia a dia do trabalho dos eletricistas. As iniciativas, que contam com investimento de R$ 125 milhões, são financiadas com recursos do Programa de Pesquisa & Desenvolvimento da Aneel. De acordo com a distribuidora, uma das novidades é o recurso da realidade aumentada por meio de assistência remota e de um dispositivo portátil, que transforma o smartphone em um equipamento de termografia.

A câmera termográfica é um pequeno equipamento acoplado a um smartphone, que tem como objetivo prever anomalias térmicas, que podem causar interrupções no fornecimento de energia, além de eliminar riscos de acidente de trabalho. O dispositivo auxilia a estabelecer planos de manutenção cada vez mais assertivos, prevenindo aquecimentos em linhas de média e baixa tensão, cabos, transformadores e disjuntores da distribuidora. Atualmente 20 smartphones contam com o equipamento instalado e 60 colaboradores das equipes de manutenção já foram capacitados.

Com as novas funcionalidades, a distribuidora visa estimular o conceito do eletricista 4.0, profissional capacitado para atuar com as principais inovações tecnológicas nas áreas de automação e tecnologia da informação aplicadas aos processos do setor energético. A concessionária também está investindo no uso de drone para inspecionar a sua rede de distribuição subterrânea. O equipamento grava toda a inspeção e as imagens em tempo real são usadas para análise adicional.