Cepel, Light e FITec buscam produção em escala de soluções ao combate de perdas comerciais

Equipamentos promissores seguem para as fases de lote pioneiro e inserção no mercado

Para combater as perdas comerciais, que afetam distribuidoras do mundo inteiro, o Cepel, a Light e a FITec desenvolveram, em P&D Aneel da Light, uma versão pré-industrial de dois equipamentos promissores: o Transformador de Corrente Auto-Monitorado (TCAM) e o Fiscalizador de Corrente Auto-Monitorado (FCAM). Os resultados do projeto, que segue para as fases de lote pioneiro e inserção no mercado, foram apresentados em webinar realizado pelo Cepel no último dia 14 de outubro.

O Transformador de Corrente Auto-monitorado (TCAM) e o Fiscalizador de Corrente Auto-Monitorado (FCAM) são dispositivos inteligentes, com eletrônica embarcada, de simples instalação e capazes de se comunicar com unidade externa via sinais de rádio. Por não utilizarem baterias, sua operação é contínua, sem necessidade de intervenções periódicas. O TCAM ainda permite verificar, de forma rápida, se a redução de consumo foi real ou resultado de falha ou artifício para reduzir o faturamento.

De acordo com o Cepel, as perdas comerciais, também chamadas de não técnicas, podem derivar de vários fatores, dentre eles de erros de medição, erros no processo de faturamento, furtos de energia e irregularidades nos equipamentos de medição. Somente em 2019, estas perdas representavam, segundo dados da Aneel, mais de R$ 7 bilhões no Brasil, impactando diretamente as tarifas cobradas aos consumidores finais. Segundo dados Aneel/2019, os prejuízos da Light resultantes de perdas comerciais foram da ordem de R$ 557 milhões.

Os produtos resultantes do P&D são aplicáveis, em especial, em instalações que têm transformadores de corrente junto com a medição, como mercados, restaurantes, hotéis, farmácias. A Light informou que isso corresponde a cerca de 24 mil instalações da companhia. Logo, há uma grande aplicabilidade para estes produtos.